As dores do mundo Terra – Por João Batista Avlis

Em qualquer lugar do mundo tem pessoas de bons sentimentos, que gostariam de aliviar o sofrimento de outras pessoas. Isso é uma verdade. Mas, infelizmente essas pessoas não possuem o poder de mando.

Enquanto as que têm o poder de mando em suas mãos, não estão nem aí com as dores do mundo que aflige a humanidade.

E só observar: Sempre que eclode um conflito de interesses dominantes, sejam eles de ordem política ou de vertentes religiosas!

Limpeza Psíquica
“Ai” como dói fazer parte do grupo do mais fraco, sendo massacrados pelas justificativas midiáticas do mais forte.

“Ai” como dói ver líderes políticos, líderes religiosos e líderes intelectuais, alguns até tidos como grandes mestres, repetirem discursos rançosos de defensores da paz mundial.

Quando no fundo de suas almas, sabem que apenas cumprem protocolos. Até certo ponto compreensível por desconhecerem outro universo que não seja do intelecto cético mistificado do materializado.

Elo de amor eterno - Por João Batista Avlis

De todas as mulheres que me amaram, uma, superou o amor de todas! “A minha mãe”.

Queridas mães... Com alegria as saúdo pelo fato de vocês existirem. Sim! Vocês mães de todas as idades...

Quando cada uma no seu tempo deu a vida aos seus filhos num sublime ato de amor. Amor que só mãe sabe dar... Pois, nelas tudo é pouco quando se trata do bem-estar do seu filho. Quando sem vacilação dão a eles a própria vida para não vê-los sofrer, pondo em segundo plano seu próprio viver.

Existe amor maior do que este? É claro que não!

Assim, sendo, queridas mães. Nesse dia dedicado a vocês, eu quero também homenagear aquelas mães que já se foram, na lembrança da minha querida mãe, que já se foi. Com esse pensamento:

- De que não existe medida para o amor de mãe!... Tenha ela quantos filhos tiver seu amor se multiplica ao cuidar de cada um, como se fosse um único filho. Agora, por que elas são assim? Bem, pensando melhor nem “Elas” mesmas sabem dizer... Porém uma coisa é certa, nunca escondem seus sentimentos. Isso eu sentia no olhar da minha mãe quando eu era ainda um menino... Porém, eu não sabia dizer o que sentia.
Somente agora depois de velho, é que sei que só em pensamento, eu posso pedir desculpa pelo erro que cometi. O erro de não saber dizer a minha mãe, o quanto eu a amava...

Pois, por mim, só o meu olhar bastava. Enquanto ela me olhava, eu via nos seus olhos tudo o que eu mais precisava.

Vocês podem se perguntar: Mas, por que ele está falando disso agora? Bem, é que no segundo domingo do mês de maio. É comemorado o dia Das Mães!

Convite de aniversário dos 105 anos - Filial Santos - Racionalismo Cristão - 2017

É com grande satisfação que convidamos para os eventos a serem realizados na Filial Santos do RACIONALISMO CRISTÃO em comemoração aos 105 anos de inauguração do atual prédio da Filial. Avenida Ana Costa 67 - Vila Mathias – Santos – SP


Reunião Cívico-Espiritualista
Dia 30-6-2017
Sexta-feira 20:00hs

e no Sábado dia 01/07/2017
das 8,30 às 13:00hs
V Curso Atributos do Espírito

Corpo Fluídico - João Batista Avlis

Determinado a reencarnar, os espíritos que estagiam nos mundos densos, opacos e intermédios. Fazem escolhas que lhe possam favorecer para cumprir o projeto evolutivo feito no seu mundo de estágio. Escolhendo: a nação, a família, o meio social, e outras variantes inerentes a sua necessidade.

No momento da concepção no útero da futura mãe, forma-se uma conexão de natureza vibratória entre “o espírito e o óvulo fertilizado”.

Ao deixar as dimensões mais sutis do seu mundo de estágio, projetando-se nos níveis mais compactos da matéria física o espírito, envolve-se com campos de energia interligados ao planeta do seu mundo escola. Recolhendo de cada campo, matéria fluídica necessária a expressão e expansão das faculdades que irá usar para executar seu projeto evolutivo.

É de vital importância saber, não deixando passar despercebido, que cada campo possui funções específicas.

Podemos citar como exemplo, campos que estão associados às diversas nuances dos processos emocionais, notadamente os sentimentos. Ou campos relacionados às atividades profissionais. E outros ainda, que correspondem aos exercícios de funções mentais associadas ao pensamento. E campos ligados às correntes vitalizadoras dos próprios campos pela ação da Força Criadora.

O conjunto dos extratos, oriundos desses diferentes campos de energias, recolhido pelo espírito de cada campo. Gera um campo individualizado de energia denominado de “Corpo Fluídico”.

Tens Que Fazer - Por João Batista Avlis

Tens que fazer faça com amor,
Mas, nada faça por temor,
Ou em troca de um favor,
Faça sim pelo prazer de fazer,
Da necessidade de querer,
Da necessidade de viver.

                        A vida em si não é sina,
                        E tampouco graça divina,
                        Mas trabalho de oficina,
                        Que no mundo de estágio,
                        O espírito planeja o ágio,
                        Que lapide seu apanágio

Se for poeta cante um verso,
Se fores frade reze no terço,
Se fores fim vire começo,
Pois, até na verde pastagem,
Onde o muar rumina a forragem,
A cerca, cerca a paisagem.

Leis Naturais e Imutáveis no plano da espiritualidade - Por João Batista Avlis

Leis Naturais e Imutáveis no plano da espiritualidade.

Para uma compreensão superior do que seja As Leis Naturais e Imutáveis que regem o Universo é preciso quê:


a)     Tenhamos o grau evolutivo suficientemente desenvolvido para podermos através dos nossos atributos espirituais, dentre os quais, o atributo da percepção, auxiliada pelos demais atributos, como a inteligência, o raciocínio, a sensibilidade, perceber a lógica da atuação dessas leis regendo o Universo desde o microcosmo ao macrocosmo, da menor partícula atomizada ao sistema planetário com as bilhões de galáxias com seus bilhões de estrelas e planetas estando o tudo e o todo subordinadas as Leis Naturais e Imutáveis, sem as quais, imperaria o “Caos”.


b)     Uma vez identificadas essas leis, perceberemos que a Inteligência Universal, que chamamos de Grande Foco, cuja natureza, devido ao nosso baixo nível de consciência espiritual evoluída, não permite ainda, que compreendamos o que impera no Astral Superior, enquanto, não galgarmos os graus evolutivos superiores que nos qualifiquem para tanto.

Além do visível – Por João Batista Avlis

Quem estuda e prática os ensinamentos do Racionalismo Cristão, direcionando o livre-arbítrio para a prática do bem; conseguirá se auto identificar como Força e Matéria aceitando as suas encarnações anteriores, vendo agora a necessidade de resgatar os erros cometidos de vidas passadas, pelo menos parte deles na encarnação atual sem revoltas esclarecidamente e conscientemente de que tem deveres a cumprir.

A inteligência
A inteligência, como atributo mestre do espírito, orienta os demais atributos, apurando-os e contribuindo para torná-los melhores e mais eficientes. Portanto, da inteligência, dependem, os outros atributos espirituais, que se desenvolvem, expandem, crescem, ampliam e se aprimoram, de acordo com crescimento espiritual do espírito em cada encarnação, através da própria evolução.
A inteligência está na retaguarda do raciocínio, provendo-o dos meios necessários ao seu desdobramento.

Grande aliada da perfeição, a inteligência faz com que o ser humano reconheça as suas falhas, vejam bem: reconheça as suas falhas e procure evitá-las não por medo de castigos, mas para conscientemente da responsabilidade dos seus atos, não ter que vir repetir encarnações que seriam desnecessárias para corrigi-los. Já que o espírito estando encarnado tem a oportunidade de fazê-lo agora.

Uma Poupança Diferente – Por João Batista Avilis

Não queira adivinhar o futuro, saber se será feliz ou não.

Primeiro aprenda a engatinhar e depois andar na estrada da vida...

Pois, ninguém chega antes de partir e nem parte antes de chegar.

Assim como, ninguém chora antes de chorar.

Mas, o choro tem motivo de chorar, é a única coisa que sabe fazer! Agora, você já viu choro fazer alguém rir?

Eu não vi, mas, tem gente que diz o contrário que já chorou de tanto rir... Pode!...

Bullying - Fenômenos Sociais de Ontem e de Hoje - Por João Batista Avlis

Olá amigos, que bom que estejamos aqui, na Casa Berço do Racionalismo Cristão, para falarmos de coisas velhas que de repente vira coisa nova, vira modismo... Coisas que já aconteceram na vida de adolescentes e jovens, durante o longo caminhar da humanidade.

        Não vamos abordar agora tais eventos, eles ficaram no passado! Confirmado por um ditado que diz: “Bocado comido, bocado esquecido”. Ou “O Que Passou, Passou”.

         Mas, vira e mexe, mexe e vira: “O bocado comido” é requentado e aparece como um fenômeno novo, contudo, nada mais é do que reflexo do que já aconteceu no passado.

         O que acontece nos dias de hoje, daqui a algumas décadas será repetido com uma nova cara e fará grande alvoroço na mídia em geral, principalmente nas redes sociais. 

          E por que isso acontece?
         Acontece devido ao grande atraso espiritual da sociedade como um todo. Oriundo da degradação dos princípios de ética e de moral que deveria nortear as pessoas adultas, e elas pelo exemplo da sua conduta disciplinada ministrar aos filhos os ensinamentos de respeito, de tolerância e de solidariedade para com o seu próximo, o seu semelhante.

         Infelizmente, salvo as raras exceções isso não acontece... E esse tipo de relaxamento incentivado pelo conforto material dado pelos pais, e pela  condescendência excessiva de ordem disciplinar concedida; o jovem que é um espírito encarnado esquecido do seu projeto evolutivo feito no seu mundo de estágio, envolvido no ambiente denso do planeta Terra, extravasam suas tendências negativas trazidas de encarnações passadas.

Ponto de vista – Por João Batista Avlis

Limpeza Psíquica
   A emoção é sempre maior,
       Quando estamos na ativa,
           Mas, quando se aposenta, 
                Assim sem tirar e nem pôr,
                     A nossa perspectiva,
                         Muda depois dos sessenta...

                          A gente busca alternativa,
                             Mas, de repente o passado,
                                Nos fala de forma direta,
                                   Velho mantenha a mente ativa,
                                       Pois, os anos que têm no costado,
                                           Um dia já foi sua meta...

Obreiro – Por João Batista Avlis

              Eu gosto d’cor da peleja,
                 Quando se faz por amor a luta,
                   Ganha ouse perde isso caleja,
                     O caráter de quem labuta...
                                                *
                          O caráter guia a conduta,
                            Dos que não temem a inveja,
                             Dos que não temem a disputa,
                          Na busca do sonho que almeja...
                                                    *

O Prazer de plantar o bem – Por João Batista Avlis

Toda natureza planta o bem, e neste trabalho se serve da nuvem, se serve do vento, se serve a da Terra, se serve da água, num verdadeiro ato de amor.

Seja como a natureza: Onde houver um amor para plantar, planta-o tu. Onde houver um erro para corrigir, corrige-o tu.

Onde houver uma tarefa que todos recusam fazer faça-a tua. Seja aquele que tira a pedra do caminho, o ódio dos corações e as dificuldades dos problemas.

Plante a alegria de ser sincero, de ser justo. Porém, mais do que isso, plante a formosa, a imensa alegria de ser útil. Como seria triste o mundo se tudo já estivesse feito, se não houvesse uma roseira a plantar, uma iniciativa a tomar.

O Azulão e os Tico-Ticos – Por João Batista Avlis


Do nascer ao fim do dia um belo Azulão cantava,
E o pomar que atento ouvia a linda melodia,
Com o canto se encantava e flor que florescia,
Mais colorida ficava.

Um Bem-Te-Vi que tudo via seduzido pela canção,
Indagou: Azulão por que quando você canta,
E recebe vaia dos Tico-Ticos, você alteia a garganta,
Você empina o bico, e num canto magistral,
Você despreza o rival?